Um convite e uma pergunta

Posted on Leave a commentPosted in Brinquedo Torto, Cia Teatral 4 Cantos, Contra-Regra (Portugal), Grupo Cênico Tatu Bola, Grupo Colibri, Grupo de Teatro JN, Novidades, Núcleo Teatral Prosperidade, Ronaldo Ventura, Trup´iê, Uncategorized

Bom dia a todos vocês, cheios de potência!! É o seguinte, estou aproveitando esse espaço e este momento de parada, para trabalhar mais… gente de teatro é assim mesmo, quando quer descansar, vai carregar pedra… mas enfim. Queria convidá-los a todos para assistir meu espetáculo “Bendita entre as mulheres” lá no Teatro Elis Regina, SBC. […]

“Acalme seu Ego. O Teatro não precisa de você. Você precisa do Teatro.”

Posted on Leave a commentPosted in Reflexões, Ronaldo Ventura

O ator, possivelmente, é o ser humano mais atento do mundo. Não estou querendo menosprezar o trabalho de um astronauta, ou a capacidade de um cirurgião, não é isso. Quero dizer, com outras palavras, que quando um astronauta volta para a casa, ele descansa; que quando um cirurgião acaba uma operação, quem se preocupa em […]

“As pessoas sempre irão duvidar da necessidade da existência de atores. Os atores devem sempre fazê-las lembrar.”

Posted on Leave a commentPosted in Artigos, Reflexões, Ronaldo Ventura

Nós, e nosso trabalho, somos essenciais para a manutenção da humanidade. Mas ao tentar explicar isso, usando apenas palavras, para outra pessoa, é muito fácil acabarmos sendo menosprezados, tidos como ingênuos, ou pior, ignorantes. Vamos imaginar um diálogo simples, e você começa apresentando um argumento: “O Teatro é importante, porque ele humaniza.” – por exemplo.. […]

O Ator quando olha para fora, sonha. Quando olha para dentro, desperta!

Posted on 6 CommentsPosted in Artigos, Ronaldo Ventura

Muitas pessoas acham que atores vivem de ilusão. Alguns atores também. Esses, vivem na ilusão. Ser ator é viver repleto de responsabilidades. Você tem responsabilidade com seus companheiros de cena, com seu diretor, com o autor da obra, com os técnicos de som e luz, com os artistas que criaram o cenário, o figurino e […]