A FOLHA E O TEMPO – Referências do Acalanto

Posted on 1 CommentPosted in Grupo Acalanto

Estamos vivos! Passamos o período do mês de julho em férias, e agosto chegou trazendo novos desafios para o Acalanto. Iniciamos a montagem da peça a ser realizada pelo Projeto Conexões do ano de 2016: “A Ponte”, de Lucienne Guedes. Começamos com a leitura coletiva do texto para o entendimento, e desde então as coisas […]

Acalanto no Brinquedo Torto Recebe

Posted on Leave a commentPosted in Artigos

O Grupo Acalanto de Teatro teve o prazer de participar, para finalizar a primeira fase de reapresentações do ano de 2016, do Primeiro Brinquedo Torto Recebe, realizado pelo Grupo Brinquedo Torto, de Santo André. Com um repertório de dois espetáculos já montados anteriormente e a chance da estreia de uma novidade de apresentação, o Grupo […]

ANTES, UM À PARTE

Posted on Leave a commentPosted in Reflexões, Ronaldo Ventura

Antes de continuarmos essa conversa, acho bom lembrar que estamos falando de Inteligência e não de Criatividade. Apesar de ambas serem estritamente parecidas em suas análises, e ambas possuírem as qualidades de serem treináveis, dimensionáveis, e qualificáveis – ou seja, você pode aprender, treinar, direcionar, e avaliar tanto a sua inteligência como a sua criatividade; […]

Um convite e uma pergunta

Posted on Leave a commentPosted in Brinquedo Torto, Cia Teatral 4 Cantos, Contra-Regra (Portugal), Grupo Cênico Tatu Bola, Grupo Colibri, Grupo de Teatro JN, Novidades, Núcleo Teatral Prosperidade, Ronaldo Ventura, Trup´iê, Uncategorized

Bom dia a todos vocês, cheios de potência!! É o seguinte, estou aproveitando esse espaço e este momento de parada, para trabalhar mais… gente de teatro é assim mesmo, quando quer descansar, vai carregar pedra… mas enfim. Queria convidá-los a todos para assistir meu espetáculo “Bendita entre as mulheres” lá no Teatro Elis Regina, SBC. […]

Santo de Casa

Posted on Leave a commentPosted in Novidades, Ronaldo Ventura

Oi. Cresci e fui educado em São Bernardo do Campo. É onde eu voto. Onde terminei meus estudos, e onde comecei a fazer teatro. Estou há 35 anos vivendo aqui Eu, e meus amigos artistas aqui presentes, vimos a cidade apontar para várias direções, várias soluções, várias iniciativas culturais ao longo desses anos. Esta Mostra […]

“Acalme seu Ego. O Teatro não precisa de você. Você precisa do Teatro.”

Posted on Leave a commentPosted in Reflexões, Ronaldo Ventura

O ator, possivelmente, é o ser humano mais atento do mundo. Não estou querendo menosprezar o trabalho de um astronauta, ou a capacidade de um cirurgião, não é isso. Quero dizer, com outras palavras, que quando um astronauta volta para a casa, ele descansa; que quando um cirurgião acaba uma operação, quem se preocupa em […]

“As pessoas sempre irão duvidar da necessidade da existência de atores. Os atores devem sempre fazê-las lembrar.”

Posted on Leave a commentPosted in Artigos, Reflexões, Ronaldo Ventura

Nós, e nosso trabalho, somos essenciais para a manutenção da humanidade. Mas ao tentar explicar isso, usando apenas palavras, para outra pessoa, é muito fácil acabarmos sendo menosprezados, tidos como ingênuos, ou pior, ignorantes. Vamos imaginar um diálogo simples, e você começa apresentando um argumento: “O Teatro é importante, porque ele humaniza.” – por exemplo.. […]

“O ator vive no desconforto. Se sente confortável no desconforto. Caso fosse acomodado, nem sairia de casa para ensaiar.”

Posted on Leave a commentPosted in Ronaldo Ventura

Não é fácil fazer teatro. “Se fosse fácil, se chamava “miojo” e não Teatro”, diz um grupo de teatro amigo nosso; e essa dificuldade, você pode levar para todas as esferas que envolvem nosso fazer teatral: seja na prática ou na teoria; seja antes, durante e após a montagem de um espetáculo. Não, realmente não […]

“O edifício teatral é o reflexo da mentalidade de sua sociedade. Verifique se ele não está vazio, abandonado, sujo, ocupado por entulhos…”

Posted on Leave a commentPosted in Reflexões, Ronaldo Ventura

Eu te proponho um exercício. Essa semana, vá ao teatro mais perto da sua casa. Mas vá num horário que não tenha espetáculo. E no caminho, vá pensando em quantos teatros tem na sua cidade, tenta se lembrar de quantos teatros você viu ao longo de sua vida, mas sempre pensando em como eles se […]