“Quiçá Romeu e Julieta” – Grupo Filosofia de Coxia

Posted on Posted in Uncategorized
Reproduzir

Confesso que estava ansioso pela quinta-feira. Conheci os meninos do Filosofia de Coxia durante o Festival do Ano passado e, este ano, tive a alegria de visitá-los durante um ensaio. Além de estreitarmos ainda mais os laços, a visita rendeu uma Papotência Reportagem muito legal. Fiquei super feliz quando os encontrei no saguão do teatro ainda de tarde. O papo flui bem entre nós, afinal, já somos amigos.

EE Carlos Gomes – São Paulo – SP

Grupo Filosofia de Coxia


Espetáculo:
Quiçá Romeu e Julieta, adaptação coletiva de William Shakespeare.

Sinopse:
O final todos já conhecem, agora vamos desenhar o começo. Espelhados na transcendente história de amor escrita por William Shakespeare, o Grupo de Teatro Filosofia de Coxia aborda as relações de amor e de amar. O sublime amor dos herdeiros dos Capuletos e Montecchios é o fio condutor para as nossas próprias histórias em uma narrativa verídica, atual e apaixonante. Um verdadeiro encontro de cada um com o seu Romeu e com a sua Julieta.

Tempo de duração:
1h20

Classificação etária:
10 anos

Elenco:
Arthur Doná, Beatriz Possato, Diego Soares, Emerson Oliveira, Francine Lopes, Gabriela Prado, Gabriela Sales, Jaqueline Oliveira, João Manuel, Marcos Rodrigues, Natalie Araujo, Nathalia Vieira, Roberta Arethusa, Waleska Godoy.

Ficha técnica:
Direção: Renan Pena. Figurino: Criação coletiva. Cenografia: Renan Pena. Sonoplastia: Renan Pena. Iluminação: Renan Pena.

1-IMG_9515

Isso não é uma crítica

(É um abraço de amigo)

Falar do Filosofia de Coxia já é falar de um amigo querido. Conheço o grupo, sei de seu histórico, conheço a maioria pelos nomes. Apaixonei-me pelas suas peculiaridades, semelhanças e diferenças em relação ao meu trabalho. O legal de tudo isso que eu faço é poder me aproximar de cada coletivo e entender cada realidade. Já havia me afeiçoado a vocês com Roda Viva. Já havia sentindo que temos muito o que conversar. Com Quiçá, viramos amigos.

Amizade é uma merda, diriam alguns. Você faz coisas que não faria na frente de qualquer um, diz coisas ridículas e às vezes até pega pesado. Eu gosto de pensar que a amizade é semente plantada em terra fértil e que merda aduba a vida. Deste ponto de vista, vejo o florescer e o amadurecer de uma proposta clara de identidade, estética e pesquisa. Uma pesquisa de encher os olhos. Algo realmente impressionante e com pegada, com verdade e ousadia: traço mais forte do grupo a meu ver. Sigam neste caminho e acreditem nele.

E como amigo, abraço o grupo bem forte e repito aquele conselho dado durante minha visita. Invistam em vocês mesmos e não tenham medo de abandonar o Shakespeare. Sei que esse senhor é um puta cara legal, mas neste momento vocês são muito mais legais que ele; ele que me perdoe. Do ponto de vista do Romeu e Julieta, sejam mais Quiçá. Me chama pra essa festa, que eu vou dançar com vocês sem camisa a noite toda. Me leva pra chorar o teu choro, rir teu riso, e ouvir canções que me lembrem seus amores que eu entro na fossa junto. Vocês são legais demais. Me conta mais das cartas, que eu te ofereço meu ombro pra você chorar. E posso até dividir uma ou outra história de minha adolescência também.Chega mais que é só o começo. Essa amizade vai longe e meu carinho só aumenta. Vocês são legais de mais: Vaaaaaiiiiiiiiii!

Procurei meus já amigos Emerson e Waleska para um papo. Eles ficaram muito felizes com o convite para falar para o Papotência. Segue o papo.

Depois, Izabelle, Marina e Izabelle comentaram o espetáculo:

VarleiXavier About VarleiXavier
Professor Xavier é meu herói preferido. Sempre me senti meio mutante, perdido e deslocado, mas o teatro (essa irmandade) me salvou. Desde então, com meus poderes mentais, recruto seres especiais para cumprir minha missão: Levar encantamento ao mundo. Professor, Ator, Dramaturgo, Diretor, Contador de Histórias e Sonhador Potente.

  • Lillian Coelho

    Eles foram demais.. não tem nem palavras para descrever!! Sim eu chorei KKKKKK A história não chega só como “Romeu e Julieta” mas sim a história de cada um deles vem contada através da história de Sheakspear que também é a minha história, confuso ne?.. pq afinal todos nós de alguma maneira somos ou seremos ou a Julieta ou o Romeu.. mas como amar em meio a tanto ódio?