O TREINAMENTO SAPIENTE

Posted on Posted in Artigos, Reflexões, Ronaldo Ventura, Uncategorized

Eu sou devoto do pensamento de que o ator deve saber o que está fazendo, ou pelo menos, o “por que”. Existem perguntas que talvez não tenham respostas fáceis, e existem respostas que talvez não satisfaçam. Calma. Na dúvida, respire, e faça.

Uma das qualidades do ator-samurai é a sua inteligência. Ou melhor, é como ele reconhece, treina, amplia, e desenvolve sua inteligência. Ou melhor ainda, suas inteligências.

Mas o que é ser inteligente? Ou ainda, o que é Inteligência?

Podemos tentar definir inteligência assim: capacidade de entender, compreender e conhecer; capacidade de imaginar e criar soluções e ferramentas, resolver problemas, de se adaptar, ou de adaptar o ambiente a sua vontade ou necessidade.

Ou seja, algo pouco aproveitado no ambiente escolar e acadêmico – tidos como referência para designar se alguém é, ou não, inteligente. O importante é saber que não é a sua nota na prova, sua classificação no ENEM, ou sua avaliação num teste de QI, que irá definir se você é, ou não, inteligente.

Mas o que foi dito antes ainda não é suficiente para podermos conversar com um ator-samurai sobre Inteligência, então vamos colocar assim:

*Inteligência é capaz de ser simbolizada. Você pode criar representações de uma ideia, ou de uma experiência. Pode utilizar números, letras (que são representações gráficas de algo abstrato), imagens, notas musicais, gestos sociais, expressões corporais e vocais, ou seja, uma série de ferramentas que permitem a codificação e a decodificação de tudo que já foi imaginado, sentido, e criado pela espécie humana.

*Inteligência se desenvolve. Existe o desenvolvimento físico do corpo humano, que após o nascimento podemos dividir em 04 grandes fases: Infância, Adolescência, Adulta e Velhice. Assim como também existe os desenvolvimentos psicológicos, que quando dissociados de sua contraparte física, logo percebemos, pois espera-se que um adulto aja como adulto, e não como criança, por exemplo. E também existe o desenvolvimento da Inteligência, que possui variações ao longo da vida. A saber: pouquíssimas descobertas matemáticas relevantes na história aconteceram depois dos 40 anos de alguém, diferente de grandes obras da literatura, por exemplo.

*Inteligência pode ser danificada. Doenças e acidentes podem estagnar, ou anular, o desenvolvimento cognitivo, ou a capacidade intelectual de alguém. Lesões físicas ou motoras podem modificar a vida, a rotina, das pessoas; mas são condições que podem ser superadas por objetos e técnicas que são criados constantemente. Lesões cerebrais podem danificar a capacidade da fala, ou a memória, ou o raciocínio, de forma permanente.

*Inteligência possui reconhecimento cultural. O grau de complexidade musical de algumas tribos da Nigéria pode ser equivalente ás grandes criações dos mestres austríacos, mas em alguma comunidade periférica de uma grande cidade brasileira, ambas não tem valor nenhum. O poder de abstração de um jovem asiático pode ser maior que o de um engenheiro americano da NASA, mas ambos morreriam de fome no Himalaia sem a ajuda de qualquer criança pastora de lá.

Ok, mas o que essas informações interessam para o ator?

Eu te conto na semana que vem. Até lá!

About Ronaldo Ventura
Ronaldo Ventura é um milionário excêntrico que as noites veste uma fantasia de homem morcego e combate o crime. De dia, ele dirige espetáculos e escreve peças. conheça seu trabalho em www.ronaldoventura.com