Bate-Papo Copy-Paste #01 – Igor Ferreira – Teatro JN

Posted on Posted in Entrevistas, Grupo de Teatro JN, Grupos, Novos Encontros

Inauguro hoje uma sessão de bate-papos pelo Skype, onde logo após a conversa, dou um Crtl + C, Crtl + V, faço uma breve edição para corrigir pequenos erros de digitação e grafia, subindo a conversa como uma entrevista. Costumava fazer isso em meu blog pessoal e funcionava muito. Vamos ver como acontece por aqui.

Para dar início, eu queria algo significativo e que representasse toda a potência do Teatro Estudantil. Lembrei-me então dos comentários dos integrantes do Grupo Brinquedo Torto sobre o espetáculo “Sônia”, do Grupo de Teatro JN uma adaptação de “Valsa nº 6” de Nelson Rodrigues, dirigida por um jovem de 17 anos. E mais: o grupo, embora ensaiasse na escola, nunca havia apresentado o espetáculo em questão para os alunos da escola, porque o grupo tinha certo receio dos alunos e professores. Vale dizer que o espetáculo impressionou muito o público e que durante a análise da peça, houve até certa campanha para que o espetáculo fosse apresentado na escola deles.

Uma história boa. Um diretor bem jovem e ousado, um grupo jovem e uma história daquelas que nos dão uma vontade de ser uma mosquinha para acompanhar tudo e ver o desfecho dela. Decidi então contatar Igor Ferreira, diretor do grupo e descobri que embora jovem, ele já vem buscando profissionalização no Teatro do Kaos, de Cubatão. Entendi então que a qualidade do trabalho apresentado não era à toa. O grupo cubatense vem fazendo um trabalho incrível de formação e profissionalização de jovens atores, com o apoio da Petrobrás. Mas vamos deixar o Teatro do Kaos para outra oportunidade e vamos ao Raio X do Grupo dirigido por esse jovem talentoso e logo após a colagem da conversa.

foto Teatro JN para blog

NOME DO GRUPO: TEATRO JN

DIRETOR: IGOR FERREIRA

CIDADE: SÃO VICENTE/SP

INSTITUIÇÃO (ESCOLA, ONG OU INDEPENDENTE): E.E. PROF JOSÉ NIGRO

ANO DE FUNDAÇÃO: 2012

TRABALHOS JÁ REALIZADOS: O ARTISTA, CRONICAS, VIDA ADOLESCENTE, ADOLESCENTES, SÔNIA E SALTIMBANCOS.

LINHA DE PESQUISA (SE HOUVER): NÃO UTILIZAMOS NENHUMA LINHA

CONTATO: (13) 99202-4712 / (13) 3467-4528

https://www.facebook.com/pages/Teatro-JN/560728410628700?fref=ts

 Varlei Xavier Nogueira: Como surgiu o Grupo?

Igor Ferreira: Bom, o grupo surgiu através de uma enorme necessidade de circular na escola cultura. Eu já fazia teatro há alguns anos, quando surgiu a oportunidade de administrar a dentro da chapa do Grêmio Estudantil,  a Secretaria da Cultura. Foi dai que aproveitei e escrevi um projeto para a direção da escola, que aceitou tranquilamente.

Varlei Xavier Nogueira: E de que forma você percebeu esta necessidade na escola?

Igor Ferreira: Pelos olhares e pensamentos (dos alunos da escola). Minha cabeça já tinha expandido muito com minha entrada ao teatro, e eu via nos alunos uma carência de cultura, dai começou a surgir a necessidade de ensinar e compartilhar o que sabia, foi tudo muito naturalmente.

Varlei Xavier Nogueira: E foi fácil começar, conseguir pessoas para fazer parte do grupo? Como foi isso?

Igor Ferreira: Foi muito louco. De inicio eu visava entrar em um festival que estava muito próximo, aí com isso eu resolvi fazer uma seleção com os alunos. Eu e mais duas amigas passamos em todas as salas e falamos que haveria uma seleção para entrar no grupo de teatro da escola, apareceram mais ou menos uns 13 alunos. Desses escolhemos quatro para fazer parte da peça, apresentamos no festival, recebemos alguns prêmios. Logo apos, eu senti a necessidade de expandir mais e dar oportunidades para todos, e então deixei livre a entrada dos alunos ao grupo.

Varlei Xavier Nogueira: Bacana. E depois disso, você conseguiu ver transformações nesses alunos e na escola como um todo?

Igor Ferreira: Muito, não só na escola, mas na vida pessoal de todos que participaram, foi isso que me impulsionou a continuar com o grupo, pois via que estava fazendo diferença na vida deles, tanto quanto na personalidade, no caráter e no humanismo de cada um.

Varlei Xavier Nogueira: E quais experiências foram as mais marcantes durante este tempo?

Igor Ferreira: Vou dizer somente uma, que pra mim é a mais importante. A experiência de que não importa o quanto temos, não importa o quanto somos, quando estamos no palco somos um só. A experiência que eles me passaram também, de que não precisa ter muito para fazer de verdade, pois eles têm uma garra que me arrepia todas as vezes que sobem nos palcos.

Varlei Xavier Nogueira: Sei bem como é isso. E é isso que e encanta no teatro estudantil. E qual foi a montagem que você considera a mais importante do grupo até agora. Por quê?

Igor Ferreira: Sônia. Pois foi a montagem que eu mais abusei de mim, que os atores mais deram de si. E que todos nos vivenciamos coisas que jamais pensávamos em vivenciar.

Varlei Xavier Nogueira: No Festival Fundação das Artes, onde nos conhecemos, você contou num debate que o espetáculo não havia sido apresentado na escola, pois vocês achavam que a escola não ia compreender o trabalho de vocês. O espetáculo chegou a ser apresentado na escola? Como foi a reação da comunidade escolar?

Igor Ferreira: Não, infelizmente não foi. Pois logo apos houve varias impossibilidades de apresentar lá. Mas, apresentamos em Itariri, para um grupo de Estudantes do Ensino Médio, a experiência deles terem assistido valeu a ausência de não ter apresentado na escola, pois o ensinamento que eles captaram da peça foi gratificante, mesmo tendo alguns “rebeldes”, sabemos que a nossa mensagem foi passada.

Varlei Xavier Nogueira: E para 2015, quais os planos do Teatro JN?

Igor Ferreira: Nosso plano e realizar novas montagens e expandir ainda mais o nosso grupo. E sempre, como meta, compartilhando as nossas mensagens.

Varlei Xavier Nogueira: Mas não tem nenhum trabalho definido, né?

Igor Ferreira: Sempre tem, né… Mas por enquanto estamos mantendo em sigilo!

Varlei Xavier Nogueira: ahahahahah. Certo, certo. Qual a importância para você, estar em contato com outros grupos de Teatro Estudantil? Como você encara a iniciativa do Projeto Potência?

Igor Ferreira: Uma importância muito grande, pois compartilhamos ideias e conhecimentos, e ainda mais dentro do Teatro Estudantil, que é uma área tão carente atualmente, que graças a Deus esta se expandindo, graças a essas humildes trocas. Bom, não conheço muito bem o Projeto Potência, mais pelo que eu venho vivenciando vocês são uma ferramenta muito gratificante para o nosso meio, pois este intercâmbio entre grupos é muito importante, e é um trabalho que é raríssimo de se ver, por isso aproveito aqui para dar meus parabéns, também em nome de todo o grupo e escola, à esta iniciativa do Projeto Potência, e que continue com esse grandioso trabalho!!!

E ao fechar a conversa, meu coração se encheu de esperança, por ver um garoto tão jovem, já tão decidido, diretor de mão cheia e colega de trabalho. Fecho a conversa com uma frase dele que exprime de forma simples e verdadeira a essência da conversa e a essência do Teatro.

citação igor

VarleiXavier About VarleiXavier
Professor Xavier é meu herói preferido. Sempre me senti meio mutante, perdido e deslocado, mas o teatro (essa irmandade) me salvou. Desde então, com meus poderes mentais, recruto seres especiais para cumprir minha missão: Levar encantamento ao mundo. Professor, Ator, Dramaturgo, Diretor, Contador de Histórias e Sonhador Potente.